Pensando em aprender inglês, mas está sem dinheiro para um curso?

Saber como aprender inglês é o desejo de muitas pessoas. Existem diversos motivos para que uma pessoa queira aprender um idioma. No entanto, uma questão muito séria atinge um grande número de interessados pelo aprendizado do idioma norte-americano: a falta de recursos financeiros. Afinal, um bom curso de inglês pode ter um valor bem elevado. Além disso, tendem a ser cursos extensos nas escolas tradicionais. Diante disso, a pergunta que fica é a seguinte: como aprender inglês gratuitamente? Discorreremos sobre isso neste artigo. Acompanhe com atenção a leitura e veja como se desenvolver nesse idioma sem gastar dinheiro. Continue lendo!

Por que estudar um segundo idioma?

Estudar um segundo idioma pode ter diversas finalidades. Algumas pessoas aprendem inglês para entender produções estrangeiras, como filmes, séries e outros produtos de entretenimento americanos. Também existem aqueles que gostam de aprender o idioma para entender jogos e, até mesmo, ler livros em inglês. O idioma norte-americano é uma língua falada em todo mundo. Logo, muitos conteúdos de grande valor estão escritos em inglês. Além disso, temos aquelas pessoas que desejam aprendê-lo com o foco de conseguir empregos melhores ou ganhar dinheiro. Logo, quem aprende inglês pode ter alguns benefícios interessantes. Veja mais detalhes nos tópicos abaixo!

Oportunidade de trabalho

Sem dúvidas, uma das principais vantagens de aprender inglês é aproveitar melhores oportunidades de trabalho. Existem cargos que exigem que o candidato demonstre que domina o idioma ainda na entrevista de emprego. Muitas pessoas perdem grandes oportunidades por, simplesmente, não se comunicar em inglês. O nosso país tem uma demanda interessante por pessoas que dominam o idioma, podendo ser um grande diferencial competitivo para conseguir bons empregos. Até mesmo pessoas que desejam empreender em um negócio online, por exemplo, precisam entender bem o idioma. Isso porque muitas das técnicas do empreendedorismo digital surgem primeiro em países como Estados Unidos, berço dessas técnicas.

Salários melhores

Outro benefício interessante é o fato de pessoas que se comunicam em inglês podem ter salários melhores. Isso acontece devido a uma regra de mercado muito simples: como existem poucas pessoas que falam inglês, há uma escassez de profissionais. Logo, o próprio mercado tende a valorizar mais esses colaboradores. Ou seja, os salários tendem a ser maiores para pessoas com esse conhecimento.

Possibilidade de ingressar em uma carreira internacional

Por fim, a pessoa que domina o inglês tem a chance de ingressar em uma carreira internacional. Existem várias empresas que contratam brasileiros para atuar em outros países. Isso ocorre com organizações estrangeiras e até mesmo as que são sediadas em nosso país. Mesmo que a empresa trabalhe com brasileiros em sua sede no exterior, o profissional ainda precisa se comunicar em inglês. Afinal, não faria sentido ela estar em outro país se não fosse para utilizar processos, tecnologias e profissionais que atuam na região. As carreiras internacionais envolvem cargos relacionados às áreas de importação e exportação, mercado financeiro, contabilidade etc. Além do conhecimento de inglês, esse tipo de profissão exige conhecimento técnico e, em alguns casos, formação acadêmica. Ainda, é comum que, nesses casos, seja exigido um nível de inglês um pouco mais elevado. Por isso, o estudo e a prática devem demandar algum tempo — podendo chegar a anos de dedicação — para chegar até um nível alto de conversação e entendimento do idioma. Sendo assim, é importante começar o quanto antes.

Quais são os cargos que exigem o segundo idioma?

Atualmente, existem diversos cargos que exigem o segundo idioma como pré-requisito básico para atuar profissionalmente. As principais áreas são: Por fim, é importante ter em mente que alguns desses cargos demandam um conhecimento maior de gramática. Isso porque são cargos e profissões mais técnicas, que podem exigir um vocabulário muito específico. Em seguida, o aluno precisa buscar conhecimentos mais específicos da área em que pretende atuar, especialmente, com relação à questão gramatical.

Como ser um freelancer internacional?

Uma dica interessante para quem deseja ganhar um dinheiro extra ou até mesmo seguir uma carreira é empreender como freelancer internacional. Existem diversas formas de atuar nesse segmento. Você pode produzir conteúdos em texto para sites americanos, por exemplo. Nesse caso, é preciso ter um conhecimento amplo da gramática do inglês, bem como de técnicas relacionadas a marketing, mecanismos de busca online etc. Outra forma de atuar como freelancer internacional é produzindo vídeos, imagens e outros trabalhos que podem ser feitos digitalmente. Também vale a pena ressaltar que o trabalho do freelancer internacional pode ser feito por pessoas que pretendem morar nos Estados Unidos ou até mesmo quem pretende atuar no Brasil, recebendo o seu dinheiro em dólar, o que pode ser financeiramente interessante.

Quais são as 7 dicas para estudar inglês sem custo?

Agora, vamos ao principal tema deste conteúdo, que é saber como aprender inglês sem custo. Para tanto, separamos 7 dicas muito simples e práticas para fazer isso. Continue lendo!

1. Organize o seu plano de estudos

O primeiro passo é organizar um plano de estudos. Geralmente, as escolas e cursos pagos já têm um planejamento pré-determinado. Mas, para quem deseja se desenvolver sozinho, é importante aprender a criar um plano. Nesses casos, você deve fixar os horários do dia que serão dedicados ao estudo, bem como definir os dias da semana em que as aulas ocorrerão. Assim, é importante não ir com tanta sede ao pote. Estudar inglês demanda horas de prática. Mas ficar muito tempo estudando sem parar pode fazer com que você enjoe rápido e desista de se desenvolver no idioma. Por isso, o seu plano de estudos deve compreender momentos de distração para não tornar o aprendizado algo pesado e estressante.

2. Utilize aplicativos como o Duolingo

Uma dica interessante para aprender inglês sem custos é utilizar alguns aplicativos de aprendizagem. O mais famoso deles é o Duolingo. Esse é um sistema que permite o aprendizado de mais de 30 idiomas e, no Brasil, já existem milhões de pessoas utilizando o aplicativo para smartphone. A proposta desse app é que o usuário aprenda se divertindo. Por isso, ele funciona como uma espécie de jogo. Na medida em que você acerta as questões, você ganha pontos e sobe de nível. Se deixar de treinar, recebe algumas “punições”. Você também pode personalizar seu aprendizado, indicando quanto tempo vai se dedicar nos estudos do idioma. Desse modo, é mais fácil organizar sua rotina e evitar que ela se torne maçante. Em outras palavras, você conseguirá inserir os momentos de estudos no seu dia a dia tranquilamente, de forma leve e natural. As lições ou tarefas que são indicadas no aplicativo focam em momentos da vida real. Desse modo, eles são divididos em módulos temáticos, baseando-se na gramática, porém, sem aprofundar tanto os detalhes técnicos. Em todas as etapas, você escreve, escuta, traduz e fala. Um detalhe interessante que vale a pena destacar é que o aplicativo, realmente, é gratuito e você pode se desenvolver com essa versão. No entanto, existe uma alternativa paga que oferece algumas vantagens adicionais. Uma delas, é o fato de não ter limite de erros e eliminar aquelas propagandas que ficam entrando no intervalo de uma tarefa e outra. O preço parte de R$ 19,90 mensais no plano anual, que deve ser pago de uma só vez ou R$ 39,90 pagos em cada mês que você utilizar, podendo ser cancelado a qualquer momento.

3. Assista a filmes e séries legendados

A partir do momento em que você começar seus estudos, perceberá que algumas frases, termos e palavras isoladas passarão a ser compreendidas. Nesse momento, você pode começar a mudar o idioma dos filmes e séries para o inglês e inserir legendas. O objetivo é muito simples: fazer com que sua mente comece a associar as palavras e expressões em inglês com o português. Assim, o idioma passa a ser mais comum na sua vida e o aprendizado acontece naturalmente.

4. Ouça músicas em inglês diariamente

Além de assistir filmes e séries legendados, também vale a pena ouvir músicas em inglês. Mas é importante fazer desses momentos um estudo. Ou seja, não adianta simplesmente ficar ouvindo as canções para se divertir, curtir o momento ou executar a coreografia. O foco dessa estratégia é prestar atenção na letra e tentar identificar palavras, termos e expressões em inglês que você já conheceu nos seus estudos. Utilizar música para aprender o idioma é interessante, pois é uma forma de se desenvolver enquanto se diverte, tornando o estudo mais simples e leve. Também é importante ficar atento a gírias e regionalismos que existem nas músicas. É comum que compositores insiram palavras que não fazem parte da gramática oficial da língua inglesa. No Brasil, inclusive, isso acontece muito. Para esses casos, se você tiver alguma dúvida, procure conhecer mais sobre essas palavras. Isso também pode facilitar bastante a comunicação com pessoas que têm o inglês como língua nativa.

5. Faça atividades para treinar o conteúdo

Outra dica sobre como aprender inglês sem custo é fazer atividades diversas para treinar o conteúdo estudado. Para fazer isso, você pode pesquisar conteúdos diversos na internet com atividades e estudar por eles. O próprio aplicativo Duolingo já tem algumas tarefas que servem como atividades para treinar o inglês. Outra dica interessante é buscar músicas e fazer a tradução sozinho, conferindo depois com uma letra já traduzida na internet. Outra atividade simples e gratuita que pode ser aproveitada é conversar consigo em frente ao espelho. Isso é interessante para treinar a conversação.

6. Converse com estrangeiros em redes sociais

Para agregar ainda mais treino à sua conversação, você também pode conversar com estrangeiros nas redes sociais. Isso também permite o treinamento da escrita. Antes de começar o bate-papo, deixe claro que você é um brasileiro que está aprendendo a se comunicar em inglês. Assim, essa pessoa pode até dar algumas dicas de palavras e termos que podem ser utilizados na conversação. Ter experiência de conversa com estrangeiros é essencial no estudo e desenvolvimento do inglês. Para tanto, é interessante procurar páginas e perfis de pessoas que têm interesses semelhantes ao seu. Essa interação pode ser feita por meio das ferramentas de bate-papo privado, ou comentários em publicações.

7. Mantenha a consistência nos estudos

Por fim, é muito importante que você mantenha a consistência nos seus estudos. O aprendizado e a velocidade com que ele acontece estarão totalmente ligados a esse fator. Se dedicar muito aos estudos em um momento e depois abandoná-los não é interessante. Pessoas que fazem isso e tentam retornar em um segundo momento têm grande dificuldade. Portanto, antes de iniciar os seus estudos, elabore o seu plano e veja se você será capaz de cumpri-lo com consistência. Além disso, é importante entender que pode chegar um momento em que o estudo gratuito não será mais suficiente. Nesse momento, o mais interessante seria realizar cursos para turbinar seu currículo. Viu como aprender inglês de forma gratuita é possível? Portanto, a falta de recursos não deve ser mais uma desculpa para iniciar seu aprendizado. Utilize as dicas que mencionamos neste conteúdo para começar a se desenvolver o quanto antes. Gostou deste artigo? Então, siga nossos perfis nas redes sociais para continuar recebendo nossos conteúdos. Estamos no Instagram, Facebook, Twitter, LinkedIn e YouTube!