Afinal, é possível viajar gastando pouco?

Adianto que SIM! E você vai descobrir neste post como fazer isso.

Todo mundo ama tirar férias e viajar — e viajar gastando pouco pode ser melhor ainda. Para isso, existem algumas estratégias que vão fazer você conhecer lugares maravilhosos sem sacrificar o orçamento. Nesse caso, o planejamento financeiro é o ponto crucial, pois por meio dele é possível calcular uma economia ou antecipar um gasto exagerado, de acordo com vários fatores, como data da viagem, destino, passeios etc. Dessa forma, vamos mostrar neste artigo como é possível viajar gastando pouco. Além disso, daremos dicas de destinos econômicos que não vão comprometer seu orçamento. Boa leitura!

Qual a importância de planejar uma viagem?

Ter momentos de lazer é algo importante para qualquer pessoa, já que, graças a eles, é possível ter alguns benefícios que não são obtidos nas atividades profissionais. Relaxar em determinados momentos traz qualidade de vida, especialmente a longo prazo. Portanto, se desconecte completamente do trabalho para aproveitar cada minuto do seu período de descanso. Planejar uma viagem não é importante só para viajar gastando pouco, mas para conseguir se organizar, escolhendo as melhores atividades para o seu perfil de viajante. Independentemente do seu padrão de vida, é possível atingir esses objetivos. Veja a seguir algumas sugestões para isso: Quando estiver utilizando o computador ou o celular, não fique verificando seu e-mail ou coisas do trabalho. Se você decidiu viajar, se desconecte do trabalho e relaxe!

Quais os benefícios de viajar?

Viajar é realmente necessário, pois, além de trazer benefícios mentais e físicos, melhora a produtividade do profissional quando retornar descansado. Confira os benefícios!

Aumenta a qualidade de vida

Algum dia você já parou para pensar que passar a vida trabalhando dia após dia e se divertindo somente aos finais de semana — isso se não estiver cansado demais para isso — coloca em jogo a sua saúde e a sua qualidade de vida? Por mais que goste do trabalho, não ter tempo para o lazer é o mesmo que não ter tempo para cuidar de si mesmo, desenvolver novas habilidades, descobrir novas coisas e novos desafios. O resultado final disso é a desmotivação. Entretanto, ao incluir momentos de lazer em seus planos e tê-los como algo fundamental, é possível ter mais estímulos positivos em relação ao seu cotidiano. Ou seja, mais qualidade de vida!

Ajuda a fugir da rotina

Mesmo que, em algumas situações, a rotina seja necessária, em outras, ela pode se tornar difícil de conviver. Mesmo que se faça algo de que se gosta muito, passar longos períodos realizando a mesma atividade pode causar desinteresse, insatisfação e até mesmo frustração. Nesse sentido, buscar atividades diferentes do seu cotidiano, como viagens, permite quebrar essa rotina. Ao explorar novos interesses, conhecimentos e possibilidades, os dias acabam se tornando diferentes.

Traz novas experiências

Quando você busca obter momentos de lazer em locais diferentes aos quais está habituado, você vive novas experiências, conhece novas pessoas e tem a possibilidade de desenvolver novas habilidades e obter novos conhecimentos. Fazendo isso será possível se desenvolver como ser humano e enxergar o mundo de outra forma, sendo benéfico para todas as áreas da sua vida.

Desenvolve novos interesses e habilidades

É muito comum que qualquer pessoa que tenha um tempo livre opte por fazer atividades que já são conhecidas, mas buscar por novos desafios pode trazer novos interesses e habilidades. Por exemplo, em uma viagem na qual você pode encontrar uma infinidade de passeios, optar por realizar aquilo que nunca fez — como ir a museus, praticar um esporte diferente, entre outras atividades — poderá proporcionar experiências intensas e se tornar até um hobby.

Aumenta a expectativa de vida

Reservar momentos para o seu descanso fora do trabalho e distante das obrigações cotidianas possibilita que você viva mais. Isso porque, como dissemos antes, melhora a sua qualidade de vida, trazendo mais felicidade de maneira geral.

Como planejar um roteiro de viagem?

Para fazer uma viagem tranquila, seja ela curta, seja mais longa, é essencial ter um bom planejamento. Assim ficará mais fácil de fazer uma boa viagem com pouco dinheiro. Veja!

Organize uma viagem sem impactar a vida pessoal e profissional

Para que a sua viagem não impacte de forma negativa a sua vida pessoal e profissional, o primeiro passo é definir algumas questões, como data da viagem, quanto pode poupar até a data, para onde ir e quanto tempo vai durar. É muito importante saber quanto se pode poupar para realizar a viagem com mais tranquilidade, sem afetar o seu orçamento, de modo que você não fique preocupado, durante a viagem, se pode ou não gastar. Inicialmente, faça uma lista dos lugares que gostaria de conhecer, mas tenha bom senso: se a ideia é fazer uma viagem com pouco dinheiro, não adianta querer conhecer destinos caros. Depois faça uma pesquisa superficial sobre os custos mais importantes, como passagem e hospedagem. Assim você poderá escolher o seu destino de acordo com o gasto que pode ter dentro do seu orçamento. Decidido o local, pense e calcule quanto vai custar os passeios, a alimentação e o transporte. E lembre-se de que, caso a viagem seja para fora do Brasil, gastos com documentos e câmbio monetário também podem afetar a viagem.

Crie um cronograma com a programação

Ama das partes mais importantes para viajar gastando pouco é organizar o cronograma com antecedência. Dessa forma, é essencial buscar informações a respeito do destino que vai visitar. Não cometa o erro de acreditar que fazer tudo isso antes de viajar é um exagero: o planejamento vai trazer a certeza da economia e de que não pesará no seu bolso. Além disso, antecipar-se é fundamental para obter tarifas e preços promocionais nas passagens e diárias de hotel. Portanto, não planeje sua viagem às vésperas do embarque, pois você poderá acabar gastando mais do que pode.

Compre as passagens o quanto antes

Quem busca viajar gastando pouco dinheiro não deve comprar as passagens em cima da hora, pois, fazendo isso, o custo será muito maior. Além da vantagem de adquirir as passagens com antecedência obtendo descontos, outro ponto positivo é ter a segurança de que não estarão esgotadas.

Consulte a disponibilidade de ingressos com antecedência

Chegando na cidade que pretende visitar, é óbvio que vai querer conhecer os pontos turísticos. Por isso, é fundamental pesquisar na internet ou com pessoas que já conhecem os locais quais são os valores e os ambientes que mais valem a pena ser conhecidos. Não foque somente nos pontos turísticos mais famosos, pois existe uma grande chance de serem caras. Uma alternativa para fugir disso é pesquisar se existem dias de visitação gratuita ou em que os ingressos são mais baratos. Alguns locais também proporcionam descontos e gratuidade para estudantes ou menores de idade. E se nenhuma dessas possibilidades se aplica a você, compre os ingressos com antecedência para obter descontos ou parcelar no cartão de crédito.

Invista em um seguro de viagem nacional

Existe aquela frase que diz que “é melhor prevenir do que remediar”. E, nesse caso, ela nunca serviu tão bem. É importante que, ao viajar para outro país ou estado, seja feito um seguro de viagem para evitar gastos inesperados. Isso quer dizer que você terá atendimento médico, seguro-bagagem, regresso, auxílio por cancelamento de voo e diversas outras coberturas enquanto estiver longe de casa.

Procure hospedagens mais baratas

Uma das estratégias mais eficientes na economia de dinheiro é escolher cuidadosamente onde se hospedar e, ao encontrar o hotel ideal, garantir sua reserva buscando oportunidades de desconto e tarifas promocionais. Vale a pena considerar também outras formas de hospedagem que vão além de hotéis, como hostels e reservas de quartos por aplicativos (Airbnb).

Pesquise sobre as especificidades do local

Quanto mais informação você obtiver sobre o destino, menos tempo e dinheiro serão desperdiçados. Pesquise os melhores bairros para se hospedar, os meios de transporte que existem e quais são os mais baratos, os dias e horários de funcionamento dos locais que deseja passear, locais para comer bem e barato e informações sobre a cultura local, que podem evitar que você entre em roubadas. Lembre-se sempre de que turista sem informação é turista fácil de enganar.

Procure destinos menos populares ou fora de época

É comum que muitas pessoas só consigam tirar férias ou viajar em épocas específicas do ano, que acabam coincidindo com períodos de alta temporada. Porém, se esse não foi o seu caso, aproveite para viajar quando o destino estiver menos movimentado. Dessa forma, você terá mais oportunidades de encontrar preços baixos e promoções, além da possibilidade de negociar os valores dos passeios. Sem falar que, com menos pessoas, você poderá aproveitar muito mais! Outra possibilidade de economia é investir em destinos de viagem menos conhecidos, mas que também possuem uma ótima estrutura para receber turistas. Pensando nisso vamos te ajudar com algumas dicas de lugares. Vem com a gente!

Quais os lugares mais baratos para viajar fora de temporada?

Viajar gastando pouco não é só questão de planejamento. É preciso escolher os destinos com inteligência. Veja algumas opções!

Praia do Forte, Bahia

É considerado um resort a céu aberto que fica a 80Km da capital Salvador. A Praia do Forte possui diversos locais que vão proporcionar diferentes experiências para toda família, como praias, passeios, história, cultura, ecoturismo e muito mais. A melhor época para viajar são os meses de setembro, outubro e novembro, pois esse período está sem muito calor e chuva, permitindo ir à praia o tempo todo, e os preços continuam baixos. Por outro lado, evite os meses de abril e maio, pois esses são os meses de mais chuva.

Porto Seguro, Bahia

Porto Seguro é uma cidade turística costeira da Bahia que possui 90 km de praias tropicais, incluindo a popular Praia de Taperapuã. A cidade é também famosa pela agitada vida noturna, com passeios repletos de bares na chamada Passarela do Álcool. Os meses de maio e junho são uma boa época para viajar para Porto Seguro, já que ainda é verão e, enquanto chove nas demais partes do Nordeste, lá ainda faz muito sol. Nos meses de julho e agosto, há pouco movimento, mas o clima se mantém agradável e com pouca chuva. Já o mês de setembro costuma ser bastante seco.

Ubatuba, São Paulo

Ubatuba é uma das cidades litorâneas mais visitadas do estado de São Paulo devido às suas belezas naturais. O lugar é um destino turístico não só para os amantes de praia: além da água salgada, os visitantes podem se banhar em cachoeiras e caminhar por trilhas em meio a natureza. A cidade é conhecida como “Ubachuva”, pois o verão é bastante chuvoso. Portanto, a melhor época para visitá-la é entre maio e setembro, quando a sensação térmica varia entre 18°C e 27°C e chove pouco.

Carrancas, Minas Gerais

Carrancas é uma cidade turística de Minas Gerais com diversas opções de ecoturismo e contato com a natureza. O foco principal do turismo nessa cidade são os esportes de aventura, turismo rural, passeios e trilhas em meio à natureza e ao contato com diversas cachoeiras. As estações durante o ano todo são muito bem definidas em Carrancas, onde a temperatura fica entre 18°C e 27°C. Planeje conhecer o local entre abril e maio, quando o período chuvoso já passou, as temperaturas ainda estão altas e há menos turistas na cidade.

Serra da Canastra, Minas Gerais

A Serra da Canastra é uma ótima opção para os amantes da natureza e do ecoturismo. A Serra possui 200 mil hectares e é composta por 6 cidades, sendo elas São Roque de Minas, Delfinópolis, Sacramento, Capitólio, São João Batista do Glória e Vargem Bonita. Seus principais atrativos são os passeios por rios e cachoeiras, a prática de esportes radicais e a gastronomia. O melhor período para visitar a Serra da Canastra fica entre os meses de abril e outubro, correspondente ao período de seca. Apesar de esse também ser o período de inverno, as temperaturas ficam numa média de 17°C

Ouro Preto, Minas Gerais

Ouro Preto é uma cidade colonial e um ótimo destino turístico para os amantes de cultura, história e arquitetura barroca. A cidade conta com diversos pontos turísticos como museus, ruas, pontes e mais de 20 igrejas da época colonial escravista do Brasil. A cidade pode ser visitada durante o ano todo, mas as datas religiosas e o carnaval são períodos em que a cidade fica mais movimentada. Gostou das nossas dicas para viajar gastando pouco? O Brasil é um país enorme. Com planejamento e estudo sobre suas regiões, atrativos e pontos turísticos, é possível tirar férias agradáveis sem comprometer o orçamento!

Se precisar de um viajar gastando pouco mas com algum recurso?

Na SuperSim você também consegue aquele recurso de apoio, caso precise complementar dinheiro para sua viagem. Simule agora, sem compromisso e veja quanto tem disponível para você!  

Empréstimo pessoal online

   
Para mais dicas financeiras, siga nossas redes sociais. Estamos no YouTube, Twitter, Facebook, Instagram e LinkedIn.